A Polícia Civil vai investigar o ataque com bombas à casa do candidato a prefeito de Araçoiaba da Serra (SP) Dirlei Salas (PV), na noite de quarta-feira (28). Duas pessoas foram presas em flagrante por jogarem os explosivos na garagem da casa do candidato, no centro da cidade. Ninguém ficou ferido.
De acordo com o delegado Gilberto Montenegro, a dupla foi vista por guardas municipais na frente do imóvel na hora da explosão, que danificou o piso da garagem. Minutos depois os guardas abordaram os dois homens. Com um deles foi localizado um celular onde havia conversas de WhatsApp que fazem menção a "bombinhas" e um aviso para que se tomasse cuidado com as "câmeras de segurança".
Segundo informações da polícia, há alguns dias o candidato, de 64 anos, registrou boletim de ocorrência por ameaça de autoria desconhecida. Na ocorrência, ele afirma ter recebido uma ligação de um homem que ameaçou ele e sua família e ordenou que ele abandonasse a campanha. Seis candidatos disputam a prefeitura em Araçoiaba da Serra.
Após a ameaça o candidato decidiu sair de casa com a família. Por isso, na hora do ataque, a residência estava vazia.
"Essa ameaça inicial revela que existe um cunho político por trás do que aconteceu. Foi expressamente dito que era pra ele desistir da candidatura. Conseguimos apurar que o número usado na ameaça é de um orelhão no centro de Sorocaba. Por isso, acredito que a ameaça e o ataque estão relacionados", afirma Montenegro.
A dupla foi indiciada por crime de explosão, que tem pena prevista de quatro anos. Os dois homens foram levados para o Centro de Detenção Provisória em Sorocaba.
Dupla combinou ação em casa de candidato a prefeito pelo WhatsApp (Foto: Divulgação)Dupla combinou ação em casa de candidato a prefeito pelo WhatsApp (Foto: Divulgação)












Entenda o caso
Dois homens foram presos na noite desta quarta-feira (28) depois de soltar uma bomba na garagem do candidato a prefeito.
Segundo a Polícia Civil, os suspeitos, de 37 e 40 anos, soltaram a bomba na garagem por volta das 23h. O artefato chegou a explodir, derrubou vasos de plantas do muro e atingiu a porta da casa. Não havia ninguém no local.
Ainda de acordo com informações da polícia, os homens tentaram fugir, mas foram detidos pela Guarda Civil Municipal (GCM). A ocorrência foi apresentada na delegacia como crime de explosão.
De acordo com a polícia, os autores se negaram a entregar o mandante, mas a polícia vai abrir um inquérito para descobrir quem está por trás do ataque.
Fonte: G1
Aeronave foi inspecionada no pátio do aeroporto na manhã desta quinta-feira (29) (Foto: Fernanda Rouvenat/G1)Aeronave foi inspecionada no pátio do aeroporto na manhã desta quinta-feira (29) (Foto: Fernanda Rouvenat/G1)
Uma ameaça de bomba fez com que passageiros do voo 260 da companhia aérea Avianca, com destino à Colômbia, desembarcassem da aeronave no Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio, por volta das 9h desta quinta-feira (29). Agentes do esquadrão antibombas da Polícia Federal foram chamados para vistoriar o avião.

Em nota, a concessionária que administra o aeroporto informou que a ação era realizada "de acordo com protocolos internacionais de segurança". Ainda segundo a concessionária, todos os passageiros desembarcaram e foram direcionados ao saguão do aeroporto, onde "aguardam em segurança" para novo embarque.

Em nota, a Avianca informou que a aeronave que realizaria o voo AV260, entre Rio de Janeiro e Bogotá, passou por inspeção das autoridades competentes no RIOgaleão. “O procedimento, padrão no setor aéreo, foi necessário, pois constatou-se a presença de um objeto não declarado a bordo - aparentemente, uma bateria de lítio pertencente a um dos passageiros.
Os 107 clientes foram desembarcados normalmente e receberam o atendimento necessário pelo pessoal de terra da companhia", informou.
Ainda de acordo com a companhia, o avião foi liberado e um novo o processo de embarque foi realizado às 13:55. A Avianca lamentou pelo desconforto causado pelo atraso, mas destacou que o bem-estar de seus clientes e tripulantes é sua prioridade máxima e todos os protocolos de segurança vigentes são respeitados.
A Polícia Federal divulgou nota, às 13h30, informando que "foram adotados os procedimentos definidos em protocolo não sendo identificada qualquer ameaça".
Voo tinha previsão para decolar às 8h, mas até as 12h seguia atrasado (Foto: Fernanda Rouvenat/G1)Voo tinha previsão para decolar às 8h, mas até as 12h seguia atrasado (Foto: Fernanda Rouvenat/G1)






























Fonte: G1
Ministro da Justiça, Alexandre Moraes, visitou o vice-governador de Goiás em hospital, em Goiânia (Foto: Vitor Santana/G1)Ministro da Justiça, Alexandre Moraes, visitou o vice-governador de Goiás em hospital (Foto: Vitor Santana/G1)
O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, chegou a Goiânia, no fim da manhã desta quinta-feira (29), para visitar o vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), baleado em um atentado durante uma carreata, em Itumbiara, no sul do estado. Ele repudiou o atentado e destacou que a Polícia Federal vai ajudar na apuração do caso.

“A investigação é conduzida por uma força-tarefa das polícias Civil e Militar de Goiás. Pelo que apuramos até agora, esse fato é um ponto fora da curva. Um fato lamentável. Solicitei que o diretor da Polícia Federal desse todo o apoio necessário à Secretaria de Segurança Pública de Goiás. Estamos com três delegados e quatro equipes da Polícia Federal em Itumbiara”, destacou.
O ministro ressaltou, ainda, que equipes da Polícia Federal vão permanecer na cidade até a realização das eleições municipais, no próximo domingo (2).

"A princípio, a investigação continua sendo conduzida pela Polícia Civil de Goiás, mas com o apoio da PF. Se ficar comprovado algum crime político ou eleitoral, pode haver o deslocamento de competência. Mas sempre em parceria com as polícias locais”, disse Moraes.
O ministro permaneceu por cerca de uma hora no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), acompanhado de uma comitiva. “Vim aqui para prestar a solidariedade ao vice-governador José Eliton, que é meu amigo. Trabalhamos juntos e temos um bom relacionamento dentro da área de segurança pública. Ele está bem, fora de perigo”, disse o ministro logo após a visita.
José Eliton segue internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. Segundo boletim médico, divulgado nesta manhã, o quadro de saúde é considerado regular. Ele está consciente e passou por vários exames.
Vice-governador de Goiás é baleado; candidato a prefeito morre  (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)José Eliton ao lado de Zé Gomes, momentos antes do atentado (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)












Ataque
O atentado ocorreu durante uma carreata, na quarta-feira (29). Além de ferir José Eliton, um atirador matou o candidato à Prefeitura de Itumbiara José Gomes da Rocha (PTB), de 58 anos, conhecido como Zé Gomes, e o policial militar Vanilson João Pereira, de 36 anos, que fazia a segurança do vice-governador.

O advogado da prefeitura da cidade, Célio Rezende, de 62 anos, também foi baleado e segue internado no Hugol. Ele também tem quadro de saúde regular.
Imagens mostram o tumulto e barulho de tiros no momento do atentado. Um vídeo também flagrou o atirador durante os disparos. Segundo a Polícia Civil, o homem foi identificado como Gilberto Ferreira do Amaral, de 53 anos, funcionário da Prefeitura de Itumbiara.
O deputado federal Jovair Arantes (PTB), que também estava no veículo que foi alvo do ataque, contou que o atirador estava sozinho em um carro que seguia na pista contrária à do comboio.
"Todo mundo achou que vinha pegar na mão, mostra um papel para o Zé [José Gomes]. De repente, ele sacou a pistola e começou a atirar a esmo. Graças a Deus que um segurança da responsabilidade da vice-governadoria estava presente e matou o cara", afirmou.
A Executiva do PSDB Goiás divulgou nota lamentando o atentado. "José Gomes da Rocha liderava as pesquisas entre os candidatos a prefeito de Itumbiara. Foi um homem honrado, trabalhador e muito querido, sobretudo pela população. A Executiva presta sua homenagem ao segurança Vanilson, também vítima fatal do atirador. Muito triste haver pessoas capazes de atos de tamanha violência e covardia".
Governo
O vice-governador, que também é secretário de Segurança Pública do estado, estava como governador em exercício, já que o governador Marconi Perillo (PSDB) viajou no último dia 19 deste mês para uma missão comercial nos Estados Unidos.

Enquanto Perillo não retorna a Goiás, o presidente da Assembleia Legistaltiva, Hélio de Sousa (PSDB), será o governador em exercício. Ainda não há previsão de quando a comitiva volte ao estado.

Sousa também acompanhou a visita do ministro ao vice-governador e destacou que José Eliton está bem. “Ele está tranquilo e em boas condições de saúde. O vice-governador está na UTI apenas por precaução. Sobre o ocorrido, ele disse apenas que foi tudo muito rápido e que só percebeu quando foi baleado”, contou.
O governador em exercício também falou sobre uma conversa que teve com Marconi Perillo. “A orientação é que seja feito tudo o que for preciso para investigar esse caso. A situação emItumbiara está controlada e esse foi um fato isolado”, destacou.

Nota do TSE
Responsável pela condução das eleições municipais deste ano, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, informou, por meio de sua assessoria, que repudia o atentado que matou o candidato à Prefeitura de Itumbiara.
A assessoria do TSE ressaltou que, no início do mês, Gilmar solicitou ao ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, que a Polícia Federal investigue todos os casos de assassinatos de candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador.
Autoridades e políticos também divulgaram notas de repúdio ao atentado ocorrido em Itumbiara, no sul goiano. Nos comunicados, eles lamentam o ocorrido e enviam mensagens de consolo às famílias das vítimas.
  •  
Velório do candidato a prefeito Zé Gomes morto em tiroteio em Itumbiara, Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Velório do candidato a prefeito Zé Gomes, morto em tiroteio em Itumbiara (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)












Velório
O corpo de Zé Gomes é velado no Teatro Municipal Maria Pires Perillo, desde as 7h desta quinta-feira. O corpo do policial militar também é velado em Itumbiara, mas em uma sala da Funerária Santa Rita, no Centro.
Tanto o enterro de Zé Gomes quanto o de Vanilson Pereira estão previstos para o fim desta tarde. O prefeito de Itumbiara, Chico Balla (PTB), declarou luto oficial de três dias na cidade, portanto todas as repartições públicas municipais estão fechadas.
Perfil de José Eliton
Natural de Rio Verde, no sudoeste goiano, José Eliton (PSDB) foi eleito vice-governador do Estado de Goiás com o governador Marconi Perillo (PSDB) e reeleito em 2014. Ele é formado em direito e já atuou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO). No ano passado, foi secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação (SED).
O político foi convidado pelo governador a assumir a Secretaria de Segurança Pública no dia 24 de fevereiro deste ano, substituindo Joaquim Mesquita. A troca aconteceu dois dias após a morte da estudante Nathália Zucatelli, 18 anos, baleada ao sair de um cursinho pré-vestibular, no Setor Marista, em Goiânia.

Perfil de José Gomes
José Gomes da Rocha, de 58 anos, começou sua carreira política em 1976, quando se tornou vereador em com apenas 18 anos. Depois, se elegeu deputado federal por quatro vezes, entre 1989 e 2003 e deputado estadual, logo em seguida. O político também ocupou a prefeitura de Itumbiara por dois mandatos, entre 2005 e 2012.
Após deixar o governo, conseguiu eleger seu candidato, o atual prefeito da cidade, Chico Balla (PTB). Em 2013, José Gomes foi nomeado como presidente da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago).
Fonte: G1
Fat Family, que aparece à esquerda, foi morto em uma região de mata
Fat Family, que aparece à esquerda, foi morto em uma região de mata Foto: Divulgação

O traficante Nicolas Labre Pereira de Jesus, o Fat Family, de 28 anos, foi morto durante uma ação da Polícia Civil realizada na manhã desta segunda-feira em São Gonçalo, Região Metropolitana do Rio. Agentes da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) fecharam o cerco ao criminoso em uma região de mata no Complexo do Salgueiro. Após intenso tiroteio, Fat Family e outros dois homens, que seriam seguranças do bandido, foram mortos. O traficante estava ainda com outros dois guarda-costas que conseguiram fugir.

A operação de inteligência contou com a participação de 30 agentes e um helicóptero da Polícia Civil. De acordo com o delegado da Core, Fabrício Oliveira, a operação começou no início da manhã e tinha o objetivo de capturar Fat Family. Durante uma incursão na comunidade de Itaóca, os agentes se depararam com um grupo de traficantes armados com fuzis. Houve intensa troca de tiros, que resultou na morte dos três bandidos. A Polícia apreendeu três fuzis, drogas e material para embalar entorpecentes. Agentes aguardam a chegada da perícia no local. Uma equipe de policiais faz uma varredura na comunidade para tentar capturar outros criminosos.

O helicóptero utilizado pela Polícia Civil teve papel fundamental na descoberta do paradeiro de Fat Family. A aeronave é equipada com um equipamento chamado FLIR, que filma com infravermelho. A tecnologia permitiu que o helicóptero desse a localização exata do traficante. Em junho, o delegado Ronaldo Oliveira, Diretor de Polícia Especializada, havia relacionado o fracasso de uma operação para capturar o Fat Family à falta de um helicótero. Na época, as três aeronaves da Polícia Civil estavam impedidas de levantar voo porque o estado não tinha dinheiro para pagar a manutenção obrigatória.
As armas apreendidas pela polícia durante operação
As armas apreendidas pela polícia durante operação
A região onde Fat Family estava é de difícil acesso e distante da entrada do Salgueiro. Para chegar ao local, conhecido como Praia da Luz, é preciso andar cerca de 20 minutos de carro. De acordo com fontes da Polícia Civil, a região foi escolhida pelo criminoso por dar acesso à Baía de Guanabara, sendo possível, por exemplo, fugir de barco.

A Polícia acredita que o traficante tenha se escondido no local durante este mês. Na primeira semana de setembro, a Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) fez uma operação na comunidade e Fat Family estava na mesma localidade, mas conseguiu fugir.
Em junho, Fat Family foi resgatado por um grupo de 20 bandidos do Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio. Na ação, um inocente foi morto e outros dois ficaram feridos. O traficante chefiava bocas de fumo no Morro Santo Amaro, no Catete, na Zona Sul do Rio.
Maria da Penha dá nome a lei de combate à violência doméstica

Cotidiano

No próximo mês de fevereiro, a fortalezense Maria da Penha Maia Fernandes deve ser confirmada como uma das indicações ao Prêmio Nobel da Paz de 2017. Durante este mês, o comitê da premiação recebe sugestões de possíveis candidatos de todo o mundo. Os nomes serão analisados pelo conselho até o início do próximo ano. A nomeação dos vencedores do maior prêmio mundial de promoção de paz ocorre, anualmente, em outubro, na Noruega.
 
O anúncio da possibilidade de Maria da Penha ser indicada foi feito em agosto pela senadora Lúcia Vânia (PSB-GO) e pela primeira-dama do Distrito Federal, Márcia Rollemberg. A declaração ocorreu durante sessão solene no Congresso Nacional que celebrou os dez anos da Lei Maria da Penha (11.340/06), no último 7 de agosto. 
 
Em entrevista ao O POVO, Maria da Penha afirmou não ter conhecido a proposta do Governo até o momento do pronunciamento no Congresso. “Foi uma surpresa”, disse. De acordo com a biofarmacêutica, o prêmio pode dar maior visibilidade à proteção da mulher. “Cerca de 98% da população brasileira sabe da existência da lei, mas nem todos os municípios têm políticas públicas de assistência. Ainda é muito pouco”, diz.
 
Conforme a senadora Lúcia Vânia, somente 28 dos 5.570 municípios brasileiros têm policiamento específico para mulheres — por meio de delegacias especializadas. 
 
Lúcia, durante a solenidade, realçou a coragem de Maria da Penha, que levou à Corte Interamericana de Direitos Humanos as duas tentativas de assassinato que sofreu do ex-marido, em 1983. Ela foi atingida por um tiro de espingarda enquanto dormia e ficou paraplégica. “É corajoso porque enfrenta um silêncio envergonhado da violência de um Estado que despreza por completo o direito de milhões de brasileiras de se sentirem seguras”, disse a senadora. 
Mesmo ainda sendo uma possibilidade, Maria da Penha já enxerga na nomeação um “avanço”. Contudo, ela afirma que ainda há o desafio de alterar a cultura de violência no País. “Delegacias da mulher ainda não funcionam 24 horas, nem em feriados, quando, geralmente, o homem agressor está em casa. É preciso rever o atendimento”, indica a farmacêutica.  

Saiba mais

Alguns dos perfis de indivíduos que podem fazer indicação ao Prêmio Nobel da Paz: membros de assembleias nacionais e governos; reitores e professores de ciências sociais, história, filosofia, direito e teologia; ganhadores do Prêmio Nobel da Paz e membros atuais e antigos do Comitê Norueguês do Nobel.

O Nobel da Paz pode ser atribuído a pessoas ou organizações que estejam envolvidas em resoluções de problemas sociais.
Fonte: O Povo On Line 
Desde que nasceu, George, 3, faz sucesso nas redes sociais
Um vídeo flagrou o momento em que o príncipe George, 3, ignorou o cumprimento do primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau. As imagens de Trudeu pedindo um aperto de mão para o pequeno, que balançou negativamente a cabeça, viralizaram nas redes sociais, nesse domingo, 25. 

Essa foi a primeira vez que príncipe William e Kate Middleton levaram os filhos ao Canadá. O casal deu início às atividades diplomáticas com uma visita a um centro de acolhida de refugiados e crianças com atraso mental.

Fonte: O Povo On Line 

.
Casal que inspirou “A culpa é das estrelas” morre com cinco dias de diferença
Casal que inspirou “A culpa é das estrelas” morre com cinco dias de diferença Foto: Facebook / Reprodução

O filme já havia comovido muita gente, mas chegou a vez da vida real levar o público às lágrimas. A mulher de Dalton Prager, jovem que inspirou o personagem principal de “A culpa é das estrelas”, Katie Prager, de 26 anos, morreu nesta quinta-feira, apenas cinco dias depois dele. Ela sofria de fibrose cística e teve complicações após um transplante de pulmão.
No último sábado, quando o marido morreu, aos 25 anos, vítima da mesma doença, Katie escreveu no Facebook: “Dalton lutou uma longa batalha contra a fibrose cística. Ele era um lutador corajoso e desistir não estava em seu vocabulário”.


Casal que inspirou “A culpa é das estrelas” morre com cinco dias de diferença
Casal que inspirou “A culpa é das estrelas” morre com cinco dias de diferença Foto: Facebook / Reprodução
A notícia da morte de Katie veio pelo Facebook de sua mãe, Debra Donovan. 
“Mais cedo nesta manhã, ela realizou o desejo de morrer em casa, na cama dela, 
cercada por sua mãe, pai, irmão e os cachorros dela, morrendo em paz, longe do 
hospital e de tubos”, escreveu. “Os próximos dias não serão fáceis, mas eu encontro
 conforto em saber que minha menina viveu, ela realmente viveu”.
Numa página criada para lembrar a jovem, muita comoção. “Isso é tão triste. 
Respirem facilmente, Katie Prager e Dalton Prager”, desejou uma fã, em referência ao problema pulmonar sofrido pelo casal.

Fonte: EXTRA

O cantor Gabriel, O Pensador fez uma "vaquinha" com amigos e doou R$ 10 mil na noite desta quinta-feira (22) ao catador de materiais recicláveis João Rodrigues Cerqueira, que devolveu US$ 1,4 mil achados em meio ao lixo no Distrito Federal. O artista fez uma visita surpresa ao barracão onde o homem mora com a mulher e a filha de dez meses na Chácara Santa Luzia, em uma invasão entre a Estrutural e o Parque Nacional.

“A gente vive em um mundo onde os valores estão tão distorcidos que as pessoas se surpreendem quando um cara faz o certo. Então, eu primeiro vim para dar os parabéns e destacar mais uma vez isso”, disse Gabriel a Cerqueira. “Eu vou te dar o saquinho com R$ 10 mil que a gente juntou para você, [para] essa reforma que você está precisando [do barracão]. Isso é um presente de coração.”
O catador de lixo, que já comemorava ter ganhado um novo emprego na quarta-feira (22), se emocionou. “Eu nunca imaginei que ia vir uma pessoa tão famosa assim, num barraco tão humilde assim”, disse. Ele acrescentou ainda que também pretende usar o dinheiro para ajudar a mãe. “Ajudar ela a construir lá a construir a casinha dela. Foi a pessoa que me ajudou muito, que me incentivou para ser a pessoa que eu sou.”
A história de Cerqueira ficou conhecida no início da semana, depois de achar dólares descartados por engano no lixo. Ele foi “recompensado” pela atitude e passou a trabalhar como ajudante de obras na construtora da família do fonoaudiólogo Bruno Temistocles, dono do dinheiro. O salário é de R$ 1,5 mil – mais do que o dobro do que recebia na cooperativa, R$ 600.
Dólares
Bruno Temistocles comprou os dólares na última sexta por cerca de R$ 5 mil, para usá-los em uma viagem para a Europa. O dinheiro ficou no console do carro dele, enrolado em um papel. O cunhado do fonoaudiólogo, que tem 7 anos, confundiu o embrulho com lixo e o jogou fora.
Depois de saber que a quantia havia sido perdida, Temistocles chegou a encontrar o caminhão responsável pela coleta e ir à cooperativa, que funciona na Estrutural, mas não encontrou o pacote. Mesmo assim, deixou o contato no local. “Na hora que ele [o catador] me ligou falando que tinha encontrado, nossa, eu fiquei muito feliz assim”, diz. “[Fui à cooperativa e] Comecei a procurar no desespero. Fiquei de umas 18h30 até 22h procurando e não consegui achar.”
Cerqueira encontrou o valor na manhã de terça, depois de ser informado de que um homem passou a noite de sexta na cooperativa da Estrutural em busca do embrulho. Ele afirma que, depois de saber que uma pessoa procurava dinheiro perdido, ficou mais atento ao trabalho. O jovem, que tem 20 anos, trabalhava há seis meses na cooperativa.
Fonte: G1
O Tribunal Regional do Trabalho do Distrito Federal tem ao menos cinco processos trabalhistas contra o Bar e Restaurante do Alemão de Brasília, que foi de propriedade do candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PRB, Celso Russomanno. Os funcionários cobram dívidas trabalhistas em causas que ainda estão em andamento.
Celso Russomanno (PRB): O candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PRB, Celso Russomanno© Fornecido por Estadão O candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PRB, Celso Russomanno
As ações foram propostas a partir de agosto deste ano, mês em que o bar fechou. Entretanto, três dos cinco processos ainda não tiveram nem sequer a primeira audiência de conciliação porque os oficiais de Justiça não conseguem localizar representantes legais do estabelecimento: os requerimentos voltam com a informação de que o requerido, o bar, “mudou-se”, segundo os despachos do processo.
A dificuldade na localização dos representantes do bar que pertencia ao candidato já fez com que em um dos processos, da 15.ª Vara do Trabalho de Brasília, o juiz Aldrey Choucair Vaz notificasse os requeridos por meio de edital público. O despacho é do dia 1.º deste mês.
Os valores das ações não são de acesso público no TRT. Entre os assuntos dos processos, entretanto, é possível saber o teor das reclamações: atraso no pagamento de verbas rescisórias, adicional de horas extras, aviso prévio, entre outros.
Em entrevista nesta quinta-feira, 22, à Rádio Bandeirantes, Russomanno afirmou que pagou todos os funcionários do bar, que foi despejado após acumular dívidas.
Ao Estado, o garçom Gledis Nei, um dos autores das ações contra o bar, disse que até gorjetas deixaram de ser pagas. “Eu trabalhei lá durante seis anos. Praticamente morava lá dentro e até agora não recebi nada de rescisão. Me devem até gorjeta”, disse o funcionário.
“Esses que entraram na Justiça do Trabalho não quiseram esperar o pagamento. Se eles quiserem que eu pague, eles retiram a ação e eu pago sem problema nenhum”, disse o candidato.
Fonte: Estadão
Depois de quatro meses, o eletricista Ricardo Siqueira Soares, de 38 anos, que era considerado morto pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS),conseguiu sacar o seguro-desemprego na terça-feira (20), em Catalão, região sudeste de Goiás.  Na última semana, o Ministério do Trabalho assumiu que havia um erro no sistema e assumiu o compromisso de realizar o pagamento nesta semana.
Como era considerado morto pelo INSS, Ricardo não podia ser contratado para trabalhar. Com o problema resolvido, o eletricista comemora. “Consegui, graças a Deus! O problema foi resolvido. Estou vivo de novo. O mais importante é voltar a trabalhar e produzir. Eu trabalhando, para mim é  vantagem, porque eu ganho mais do que o seguro”, disse.
O eletricista descobriu que era considerado morto pelo INSS em maio deste ano quando foi demitido da empresa em que trabalhava e tentou dar entrada no seguro-desemprego.
Ele afirma que entrou com recurso no instituto para provar que está vivo, mas teve o pedido negado pelo órgão, já que no sistema consta que ele não está vivo.
Ricardo contou que quase foi preso por tentar sacar o próprio benefício em uma agência bancária. “Minha carteira de trabalho é de quando era bem mais jovem e o atendente da Caixa entendeu que eu pudesse estar passando por outra pessoa. E só foi resolvido o problema depois que eu me identifiquei com a minha habilitação e ele viu que eu estava certo, que eu não estava morto, que o erro estava era no sistema do INSS”, disse o eletricista.
Na época, o INSS informou que o problema era no PIS do eletricista, que, segundo o órgão, é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal. Já o banco afirmou na ocasião que atua apenas como agente pagador do seguro-desemprego, que é de responsabilidade do Ministério do Trabalho.
Ricardo Soares sacou benefício depois de 4 meses, em Catalão, em Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)Ricardo Soares sacou benefício depois de 4 meses, em Catalão (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)












Fonte: G1
O presidente Michel Temer discursa na 71ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, na sede da ONU em Nova York (Foto: Mike Segar/Reuters)O presidente Michel Temer durante discurso na 71ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, na sede da ONU em Nova York (Foto: Mike Segar/Reuters)
O presidente Michel Temer participa de encontro com investidores nesta quarta-feira (21), último dia de sua viagem oficial a Nova York. Na reunião, promovida pelo Council of the Americas (COA), Temer vai falar das oportunidades de investimento no Brasil, em especial do pacote de concessões e privatizações anunciado pelo governo na semana passada.
Nesta terça, Temer foi alvo de um protesto silencioso no plenário da ONU. Antes de o presidente brasileiro iniciar o discurso na Assembleia-Geral, delegações de seis países deixaram o local e não acompanharam a fala de Temer.
Durante a fala, o presidente do Brasil falou sobre a tentativa do país de retomar o crescimento econômico e de atrair investimentos estrangeiros.
Na comitiva que acompanhará Temer está o secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Moreira Franco, responsável pelo plano de concessões e privatizações, chamado pelo governo de “Crescer”.
Além dele, os ministros Henrique Meirelles (Fazenda) e Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) também devem participar do encontro nesta quarta.
Dos 34 projetos incluídos no pacote, 15 são da área de eletricidade (distribuidoras e hidrelétricas), óleo, gás, e mineração.
A meta do governo é arrecadar R$ 24 bilhões com concessões apenas em 2017. A previsão é que parte desses projetos sejam leiloados no ano que vem e, outra parte, no primeiro semestre de 2018.
As maiores novidades do programa estão na área de saneamento básico, com a concessão das companhias de água e esgoto em três estados: Pará, Rio de Janeiro e Rondônia. Esses projetos entraram no programa a pedido dos governos estaduais.
Projeto Crescer privatização concessão governo Temer (Foto: Arte/G1)












Aeroportos
Boa parte dos projetos já estava prevista na última fase do Programa de Investimento em Logística (PIL), anunciada em 2015, no governo da ex-presidente Dilma Rousseff. Entre eles, estão as concessões dos aeroportos de Florianópolis, Salvador, Porto Alegre e Fortaleza, dois trechos de rodovias e dois terminais portuários.
Em entrevista após o anúncio do pacote, o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, confirmou que os próximos leilões de aeroportos não terão mais a participação da Infraero.
Nas últimas concessões, o governo exigiu que a estatal, responsável pela administração dos aeroportos públicos brasileiros, fosse sócia dos consórcios com 49% de participação.
O modelo do leilão de aeroportos também vai mudar. O governo agora vai fixar uma outorga (paga pelo concessionário pelo direito de explorar uma estrutura pública) e cobrará o pagamento à vista de 25% dela. O vencedor do leilão será quem oferecer o maior ágio (adicional) sobre essa cota de 25%. Além disso, o consórcio terá que pagá-la com recursos próprios.
Os outros 75% da outorga terão valor fixo e serão divididos em parcelas anuais a serem pagas ao governo ao longo do período de concessão. A previsão é que a outorga dos quatro aeroportos que serão licitados seja de pelo menos R$ 3 bilhões.
Ferrovias
O governo Temer vai revogar o decreto do governo Dilma que alterou o modelo de concessão do setor ferroviário. No modelo anterior, a vencedora do leilão constrói e opera a ferrovia, mas o direito de passagem de trens de transporte é negociado pela estatal Valec.
O objetivo era permitir que vários transportadores pudessem usar a estrada de ferro. Entretanto, nenhuma ferrovia chegou a ser leiloada neste modelo.
De acordo com o Ministério dos Transportes, os próximos leilões vão seguir o modelo aplicado durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Nele, as empresas que vencem o leilão também prestam o serviço de transporte de carga.
Entretanto, no modelo do governo FHC há monopólio, ou seja, só a concessionária transporta carga pela ferrovia. Segundo o ministério, o governo Temer pretende que a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) faça uma "arbitragem" que permita a outras transportadoras usarem a linha de ferro.
Fonte: G1
O catador de materiais recicláveis João Rodrigues Cerqueira devolveu nesta terça-feira (20) US$ 1,4 mil achados em meio ao lixo no Distrito Federal. O dinheiro havia sido descartado por engano por uma criança, que não sabia que ele estava dentro de um papel que encontrou enrolado no console do carro do fonoaudiólogo Bruno Temistocles. O homem havia comprado os dólares na última sexta por cerca de R$ 5 mil, para usá-los em uma viagem para a Europa.

Depois de descobrir que a quantia havia sido perdida, Temistocles chegou a encontrar o caminhão responsável pela coleta e ir à cooperativa, que funciona na Estrutural, mas não encontrou o pacote. Mesmo assim, deixou o contato no local. Ele conta que ainda não acredita ter conseguido o dinheiro de volta. O descarte foi feito pelo cunhado dele, que tem 7 anos.
“Na hora que ele [o catador] me ligou falando que tinha encontrado, nossa, eu fiquei muito feliz assim”, diz. “[Fui à cooperativa e] Comecei a procurar no desespero. Fiquei de umas 18h30 até 22h procurando e não consegui achar.”
O catador afirma que, depois de saber que uma pessoa procurava dinheiro perdido, ficou mais atento ao trabalho. A surpresa aconteceu na manhã desta terça, quando ele encontrou o montante. Funcionário há seis meses da cooperativa, o jovem de 20 anos ganha R$ 600 por mês com o trabalho.
Cerqueira mora na Chácara Santa Luzia, invasão que há anos cresce entre a Estrutural e o Parque Nacional de Brasília, com a mulher e a filha, de dez meses. Ele recebeu o apoio da família pela atitude.
O catador e a mulher passam por dificuldades, mas o homem afirmou que mesmo assim não cogitou ficar com os dólares. “Esse dinheiro dava para pagar minhas contas, arrumar meu barraco, mas uma vez Deus vai abençoar”, declarou.
Fonte: G1

Cathriona White, ex-namorada de Jim Carrey (Foto: Reprodução/Instagram)Cathriona White, ex-namorada de Jim Carrey
(Foto: Reprodução/Instagram)
Jim Carrey foi acusado por ter comprado as drogas prescritas que mataram sua ex-namorada, a maquiadora Cathriona White, segundo o site TMZ. O processo contra o ator é do ex-marido de Cathriona.
Segundo o TMZ, a ação menciona que três tipos diferentes de pílulas foram encontrados em um frasco com o nome de Athur King, que seria um pseudônimo de Carrey. É ilegal comprar remédios com o nome de outra pessoa.
Ainda segundo a ação, Carrey teria dado o frasco com as pílulas para Cathriona três ou quatro dias antes da morte dela. O processo acrescenta que o ator sabia que a ex tinha tendência à depressão e já havia tentado se matar.
Carrey ainda não falou sobre as acusações.
Cathriona morreu em setembro de 2015, aos 28 anos. A causa da morte foi overdose de remédios, e pílulas foram encontradas perto de seu corpo.
Carta de suicídio
A maquiadora deixou uma carta de suicídio dirigida a Carrey, referindo-se à data em que o casal terminou o relacionamento, em 24 de setembro. Cathriona publicou seu último tweet no dia 24 de setembro: "Deslogando do Twitter, espero que tenha sido uma luz para os meus queridos".
Jim Carrey, de 54 anos, e Cathriona se conheceram em 2012, namoraram por alguns meses e depois se separaram. Em maio de 2015, o casal voltou a namorar e terminou de novo.
Jim Carrey durante o funeral de sua ex-namorada Cathriona White, neste sábado, na Irlanda (Foto: Niall Carson/PA via AP)Jim Carrey durante o funeral de sua ex-namorada Cathriona White, na Irlanda (Foto: Niall Carson/PA via AP)




























Fonte: G1